A importância dos dados cadastrais

20/01/2021
Image

Vivemos em um momento em que temos acesso às informações de qualquer hora e lugar.
A informação é importante em diversos aspectos dentro da empresa. Informações sobre o produto que se está vendendo, sobre quantos clientes entraram em sua loja, e destes quantos realizaram compras, quais os produtos com maiores giros, quais com menor, o quanto se tem em estoque, como está seu fluxo de caixa. 
Além disso, ter informações sobre o seu cliente, sua rotina, suas preferências, ajuda a empresa a criar estratégias que possam ajudar em seu negócio. 
Muitas vezes, estamos perdendo em algum âmbito de nossa empresa, por não estarmos com os dados atualizados, dessa forma, os dados não geram informações relevantes para tomadas de decisões efetivas, e isso acaba afetando diretamente o planejamento da empresa. 

Abaixo, vamos mencionar alguns dados básicos, mas que são muito importantes ter atualizados. Lembrando que todas as informações geradas em sua empresa, são ferramentas de gestão  e ajudam no crescimento de seu negócio. 

Dados dos seus clientes: 

Hoje muito facilmente encontramos o mesmo produto, com preços similares, em outra farmácia. Vamos aqui pensar em um produto que além de ter em outras farmácias também pode ser adquirido no mercado, o desodorante.
O que leva o seu cliente comprar em sua loja e não em outra? Será que além do desodorante ele leva um produto adicional quando vai até sua loja? Qual o horário de preferência de compra dele? Qual o ticket médio gasto por compra? 
Mas o que isso tem haver com dados cadastrais? Tudo! 
Através das informações coletadas no cadastro é possível fidelizar seus clientes e surpreendê-los cada vez mais. 
Vamos pelo início, alguns dados básicos que é importante ter:

  • Nome: 

Além do nome ser uma informação básica, é uma forma de começar a atender seus clientes de forma personalizada, chamando pelo nome, e não apenas como um desconhecido que compra com você. 

  • Apelido:

Muitos clientes, são conquistados quando são chamados pelo apelido. Isso cria um vínculo amigável, pessoal e personalizado. 
Vamos pensar, o nome do seu cliente é Priscila, mas quantas Priscilas vão até sua loja? Quantas delas gostam de ser chamadas de Pri ou Prisci? 

Aqui começamos quebrar barreiras com nossos clientes, trazendo e engajando mais com nosso negócio.  

Endereço:

Outra informação básica, é saber onde estão localizados seus clientes. 
Além disso, você poderá querer fazer promoções por regiões, como por exemplo tele entrega grátis essa semana no Bairro X, para compras localizadas no Bairro Y não cobramos tele. Isso também é uma forma de se diferenciar e abranger através desta simples ação mais clientes. 

  • Data de Nascimento:

Outra informação fundamental. Com essa informação você consegue segmentar a faixa etária dos clientes que compram com você, saber o mês que tem mais aniversariantes e os meses que tem menos, e pensar nisso como uma estratégia de venda. 
E claro, mandar aquela parabenização pessoal e especial de sua loja nesta data especial. Inclusive aproveitar o momento para dar um desconto, um presente especial de aniversário ou até mesmo mencionar que está com saudade e esperando-os em sua loja. 

  • CPF: 

O quão chato é você informar seu nome ao atendente e ele encontrar no registro duas mil pessoas com o nome, aí começar pedir seu sobrenome e dizer que não foi encontrado no sistema. 
O CPF facilita muito a busca do seu cliente no momento do atendimento. Ao informar o CPF já é possível saber se este cliente está em sua base de dados, e já começar o atendimento chamando-o pelo apelido, dizendo que faz tempo que ele não vinha até a loja. Ou é o momento de incluí-lo, caso não tenha cadastro na sua base de dados. 

  • Telefone:

Hoje pedir o telefone é fundamental, já que a grande maioria das pessoas usam em seu telefone o WhatsApp, que se tornou uma ferramenta de venda.
Através do telefone/Whats é possível fazer pedidos, mandar fotos dos produtos, promoções, parabenizar, mandar as News do mês, novidades, enfim, manter ainda mais o vínculo com o seu cliente.

  • E-mail:

Muitos acreditam que o e-mail caiu em desuso. O e-mail não caiu em desuso, entretanto, o número de pessoas que acessam propagandas através dele diminuiu, já que não estavam recebendo conteúdos relevantes.
Aqui entra um ponto muito importante, o conteúdo que está sendo enviado precisa fazer sentido com o público, ser atual e relevante. Qual o motivo para seu cliente abrir seu email? 
Não envie apenas produtos, promoções, incorpore isso como um benefício.
Por exemplo, dê dicas porque usar protetor solar é tão importante, e após abordar isso, mostre as opções que tem em sua loja. 

  • Redes Sociais:  

Hoje, além de outras plataformas, as redes sociais são uma excelente fonte de venda e recomendações.
Já pensou que seus clientes gostariam de fazer review de seus produtos, ou serem mencionados por sua marca? 
Peça se seu cliente tem Instagram e Facebook, além de criar um vínculo, através dessas plataformas, será possível entender um pouco mais do comportamento de seu consumidor. 

 

Parece que é apenas preencher dados cadastrais, mas veja o quanto de informação importante e insights para novos clientes e vendas podem surgir através destes dados. 

Conheça o  HOSFarma e veja como podemos te ajudar a gerir estes dados em sua farmácia.

 

Receba novidades, dicas de gestão farmacêutica e muito mais!

Posts recentes

Image
15/09/2021
Está com a revisão em dia? Dicas para saúde do seu negócio!
Leia Mais
Image
01/09/2021
Setembro amarelo: Precisamos conversar!
Leia Mais