Estimulando a criatividade da equipe

10/12/2020
Image

Vivemos em um momento em que se olharmos para a rotina do nosso dia a dia, notamos que estamos rodeados por tecnologia. 
Leitor de código de barras, computadores, smartphones, sistema de gestão, elevadores, carros, tudo tem tecnologia por trás Até mesmo o que somos impactos no Instagram e Facebook, possui uma tecnologia imputando informações que chegam até nós de um modo ocasional. 
Mas também, se formos pensar em como a tecnologia chegou até aqui, uma coisa é certa, teve o envolvimento de pessoas. Pessoas que pensaram, saíram do pensamento normativo e usarem sua criatividade para criar. 

O mercado é competitivo, em constante atualização, e em busca de profissionais qualificados. No meio dessas buscas, um fator fundamental é a criatividade.
É através da criatividade que entregamos novos produtos ao mercado, se tornando competitivo e atualizado, é através das ideias das pessoas que novas possibilidades são apresentadas ao mundo.
E é sobre isso que vamos abordar neste artigo, em como desenvolver a criatividade na sua equipe e tornar o ambiente propício para isso. 

Ambiente:

A cultura da empresa e o clima organizacional são fatores fundamentais para um ambiente criativo.
Infelizmente muitos locais de trabalho são tomados pela rigidez, burocracia e muitos processos, o que acaba reprimindo ou não proporcionando um espaço para a expressão.
O ambiente corporativo tem mudado ao longo dos anos. Alguns com flexibilidade de horário, flexibilidade de local de trabalho- como o home office, espaço de lazer, espaço da pausa e descanso, cantinha, enfim, um ambiente diferente do que temos como padrão.
Esse ambiente diferente já gera uma leveza no clima, entretanto, ele não é o único responsável. Não podemos confundir conforto com comodismo. 
A maior mudança é na cultura, ou seja, no pensamento da empresa, a qual acredita que funcionários felizes são mais produtivos. A felicidade de um colaborador, nem sempre está em recursos financeiros, mas está no sentimento de pertencimento, desfrutar de responsabilidades e ser reconhecido em seu trabalho.
Oportunizar as pessoas a darem suas opiniões e se expressar faz parte de se sentir pertencido. 

Sem julgamentos:

Ainda atrelado ao ambiente e clima organizacional, ter uma cultura sem julgamentos é fundamental para a criatividade.
Se o ambiente não estiver livre do julgamento, a equipe não se sentirá à vontade. 
Pensa comigo, um “ chefe” que ao ouvir a ideia de seu colaborador, age com deboche e como se o que estivesse ouvindo fosse besteira, você acredita que alguém vai expressar suas ideias? ou se sentir bem recebido neste ambiente? Não, esse colaborador vai fazer apenas o básico no seu emprego.
Entretanto, quando a equipe recebe o estímulo para compartilhar, sem medo de ser julgado, envergonhado ou demitido, muitas ideias irão surgir. Desde melhoria no processo, no atendimento, e até mesmo em novas soluções para seus consumidores. 

Um único propósito:

Existe algo que acontece não apenas fora da empresa, mas também dentro, a competitividade.
Muitos funcionários, se veem como concorrentes, em não poder compartilhar de uma ideia se não for ao chefe, afinal vai que alguém roube, ou vai que eu fique para trás. Esse pensamento é muito comum, mas cabe ao líder estimular essa competitividade de forma sadia para sua equipe e também para a empresa.
Explorar a criatividade tem haver com fazer a diferença, e isso é uma união de forças. Não é porque a pessoa não fez a fórmula do produto que ela é menos importante, daqui a pouco a ideia da embalagem que ela sugere e o que faz a diferença na venda. 

Discussão do bem:

Quando ouvimos a palavra discussão, parece que é errado e que não está certo, o que não é verdade. 
Uma boa discussão, ou seja, a discussão produtiva traz muitos resultados.
Por exemplo, ao lançar um novo produto ou uma nova campanha de venda, onde na primeira ideia todos concordam e não tiverem questionamentos ou sugestões, algo não está certo, ou temos comodismo ou medo nessa situação. Afinal, ao lançar algo novo, alguns questionamentos devem ser levantados para discussão, como o motivo para aquela ação? se os consumidores vão aceitar ou entender bem? se estão sendo analisados todos os pontos importantes?
Deixar as pessoas criarem, tem haver também com estimular. 

Dica Prática:

Nem sempre é possível reunir todos e pediram para compartilhar suas ideias, assim como a ideia não surge exatamente no momento em que estão reunidos. 
Tenha um mural de ideias, onde as pessoas possam incluí-las a qualquer momento e sem obrigatoriedade de mencionar nome. 

Receba novidades, dicas de gestão farmacêutica e muito mais!

Posts recentes

Image
15/09/2021
Está com a revisão em dia? Dicas para saúde do seu negócio!
Leia Mais
Image
01/09/2021
Setembro amarelo: Precisamos conversar!
Leia Mais