10 fatores fundamentais para o treinamento da equipe de balcão na sua Drogaria

26/03/2018
Image

Cada vez mais o mercado exige agilidade, qualidade e praticidade na hora de realizar compras. Nas farmácias e drogarias não é diferente.

Não basta apenas conhecer os produtos que são comercializados, e sim, saber para que cada um é indicado. Dar suporte ao cliente, saber explicar, auxiliar, vender. Todos esses pontos são fundamentais para que o negócio cresça e gere lucros. Prezar por um bom treinamento é o primeiro passo para que ocorra a mudança. 

A indústria farmacêutica tem se desenvolvido de forma acelerada,  estando entre os setores mais dinâmicos da economia mundial. Isso porque, investe pesado em pesquisa de novos medicamentos e na capacitação técnica de seus funcionários. Um grande diferencial no cenário atual.

Separamos algumas dicas e sugestões para melhor capacitar seus funcionários:

1. Treine e esteja treinado

Um bom treinamento é alma do negócio, ainda mais quando se fala em atendimento ao público. Procure estar sempre informado e atualizado sobre seu negócio e sobre as tendências de mercado. Além de passar segurança, você será um modelo a ser seguido por sua equipe na busca por conhecimento.

2. Busque realizar palestras objetivas e dinâmicas

Quanto mais atrativo for o treinamento mais receptividade e empenho você terá de seus funcionários. Procure organizar treinamentos, palestras, workshops trimestrais, e, abra espaço para que sua equipe participe de forma proativa sempre buscando melhorias na maneira de conduzir o trabalho diário.

Além de ser um gestor de equipes, você deve se mostrar um verdadeiro líder, estimulando e proporcionando ambientes adequados de trabalho. Buscando sugestões, a interação de todos e a divisão de tarefas. Faça com que sua equipe exponha suas ideias, críticas, elogios, dessa maneira seus funcionários irão notar que fazem parte do conjunto, que são importantes para o crescimento do negócio.

Colaboradores mais preparados atendem melhor, se relacionam melhor com as pessoas e conseguem fidelizar mais consumidores pela qualidade no atendimento ao cliente.

3. Estar conectado

Na atualidade é quase impossível não estar conectado a internet. Essa é uma ferramenta que auxilia em muito na divulgação de serviços, produtos, marcas. Escolha pessoas proativas, comunicativas para alavancar as vendas usando as plataformas online. Lembre-se da velha máxima: quem não é visto não é lembrado.

4. Utilize vídeos 

Uma boa maneira de treinar sua equipe é a utilização de vídeos institucionais, explicativos, que ilustrem aquilo que você deseja transmitir. Sua organização pode utilizar vídeos de farmacêuticos de destaque, entrevistas ou até mesmo transmissões ao vivo.

O vídeo como treinamento corporativo gera uma proximidade com quem está assistindo, pois, o espectador imagina uma conversa, já que está assistindo a outra pessoa “conversar” com ele. 

5. Conheça seu produto e do seu concorrente

Não basta apenas saber os produtos que você vende saber o que sua concorrência vende é fundamental. Busque entender quais são os seus pontos fortes e fracos, tanto com relação aos produtos como no atendimento.

Dessa forma, é possível buscar alternativas para resolver essas questões de forma objetiva e rápida. Sempre deixe bem claro os benefícios que o cliente vai ter ao comprar em sua farmácia, seus diferenciais e atrativos.

6. Aposte na boa comunicação

Aposte no bom relacionamento entre todos os funcionários, dessa maneira, a comunicação irá transparecer na hora do atendimento. Um bom diálogo entre a equipe e os clientes, faz com que haja um bom desempenho na hora da venda, além de ser um diferencial para o negócio e para o profissional.

O bom vendedor deve ser primeiramente um bom ouvinte, além possuir boa capacidade de se expressar e assimilar as informações que são passadas, ter conhecimento sobre os produtos que vende.  Como gestor, a principal tarefa é conseguir identificar dentro do grupo de funcionários pessoas que se destaquem e que possuam espírito de liderança.

7. Acompanhe as dificuldades

Procure estar sempre monitorando as dificuldades que sua equipe ou o negócio enfrentam. Essa participação motiva e deixa seus funcionários a serem ainda mais engajados e seguros ao realizem as tarefas.

Motivar e incentivar por meio dos erros é uma forma de crescimento e amadurecimento. É o momento de ouvir quais são os pontos falhos, as maiores dificuldades na hora do atendimento, venda e manutenção do seu negócio.

8. Perfil dos funcionários

A seleção de sua equipe é um processo muito importante para o sucesso de qualquer negócio. Procure contratar funcionários, independentemente do setor da farmácia, que demonstrem interesse em aprender e contribuir para o cumprimento dos objetivos estratégicos da empresa.

É importante destacar algumas características na hora da contratação:

- Ser educado e saber se comunicar com diversos perfis de clientes;
- Ter conhecimento técnico sobre a função ao qual foi destinado;
- Ser ágil e eficiente na execução de suas tarefas;
- Saber trabalhar em equipe;
- Ser discreto e responsável ao solucionar os problemas do cliente.

9. Balconistas

Devem conhecer bem os produtos à venda e, ainda, saber indicá-los de acordo com as necessidades do consumidor. O auxílio do farmacêutico ou do balconista é muito importante para fazer com que o cliente confie no funcionário. Isso faz com que ele considere a farmácia onde compra como uma referência. 

Além disso, os balconistas são uma das grandes ferramentas de suporte ao consumidor, e a experiência com o atendimento é fundamental para saber quando e como abordar o cliente dentro da loja.

Colaboradores que saibam como abordar os clientes e, principalmente, que saibam sobre os produtos que estão vendendo é fundamental. O atendimento deve acontecer o mais rápido possível, mas priorizando sempre a qualidade. 

10. Ética profissional

O profissional deve se empenhar em sempre realizar um bom atendimento, passar credibilidade, confiança ao cliente. Encontrar soluções e saber ter uma comunicação clara e objetiva na hora da venda.

Além disso, o profissional precisa estar atento em algumas situações:

- O vendedor que prospera com ética, não foca somente em vender;
- Prestar ajuda gratuita para que o cliente encontre os produtos e serviços certos para atender suas necessidades;
- Promover um clima de confiança, honestidade e de relacionamento com o cliente, sendo a venda uma consequência desse processo;
 - Informar ao paciente, a real função dos medicamentos, sem fazer propagandas enganosas ou abusivas;
- Manter o sigilo profissional, por meio da receita é possível em alguns casos, descobrir o diagnóstico da doença do paciente. Dessa forma, é importante saber se portar para não constranger ou expuser o cliente na hora da venda;
- Agir com naturalidade situações como a venda de contraceptivos, absorventes, preservativos e outros medicamentos que expões a vida pessoal e moral do consumidor.

Receba novidades, dicas de gestão farmacêutica e muito mais!

Posts recentes

Image
18/04/2018
12 maneiras para reduzir custos na sua farmácia ou drogaria
Leia Mais
Image
05/04/2018
Ministério da Saúde diminui repasse em 22 produtos do Farmácia Popular
Leia Mais
Image
22/03/2018
Sua farmácia está pagando mais impostos do que deveria?
Leia Mais