NRF 2022- Insights e tendências

09/02/2022
Image

Recentemente em Nova Iorque, ocorreu a 110ª edição da NRF 2022- Retail Big Show.
A NRF- National Retail Federation, é o maior e um dos mais tradicionais eventos de varejo no mundo, onde são apresentados muitos cases de varejistas e inovadores, e também são vistas tendência para o futuro do varejo. 
Essa é uma feira muito importante, principalmente porque conseguimos visualizar movimentos que podemos trazer para o varejo farmacêutico.
Nesse post de hoje, confira alguns insights e tendências que vimos nesta edição. 

 

Este ano a edição ocorreu de 16 a 18 de Janeiro, contou com mais de 500 expositores- entre eles varejistas, prestadores de serviço para o varejo, acadêmicos, consultores e instituições financeiras, e mais de 20.000 participantes.
O tema do ano foi accelerate, também abordado em algumas palestras.
 

Cliente ao centro:

Não é nenhuma novidade que nossos negócios só existem por conta dos nossos clientes.
Mas a verdade é que mais do que nunca, precisamos ver além de apenas ofertar produtos que atendam às suas necessidades. 
Nós estamos no momento de gerar experiência ao cliente, mas também de gerar engajamento.
É através do engajamento que os clientes vão se conectar com a sua marca, sentindo que são vistos como parte dela, e principalmente que a empresa tem empatia por suas necessidades, sua rotina e seus desejos.
 

Agilidade:

Muitas vezes pensamos que para crescer, e expandir nossas vendas precisamos ser extremamente inovadores. 
Um dos pontos que mais foi destacado no período de pandemia foi a digitalização. Na verdade a pandemia não iniciou isso, ela acelerou.
O ponto aqui, é sermos ágeis e atentos quando essa movimentação acontece. E aqui entra um fator importante, a flexibilidade. Flexibilidade em entender o que está acontecendo, principalmente quando vamos de um momento volátil, incerto, complexo e ambíguo, para frágil, ansioso, não linear e incompreensível.
E para identificar esses movimentos, é fundamental ouvirmos o nosso cliente, e isso é possível quando ele está no centro.

 

Omnichannel:

Quando o varejo online começou a crescer, muitos se questionaram se os pontos de venda físicos iriam sumir.
O online e o físico, não são concorrentes, são complementos, assim, como o metaverso, inteligência artificial e a realidade virtual.
A onipresença na vida do cliente, é fundamental, principalmente se pensarmos na nova geração que é nativa digital, ou seja, seus hábitos de consumo são totalmente diferentes das gerações que costumavam comprar apenas na loja física.
Através da tecnologia, as lojas físicas se tornam pontos para agregar serviços, estoque disponível e fonte de informação.

 

Varejo local:

Uma das grandes mudanças que a pandemia trouxe foram os trabalhos híbridos. 
Um estudo realizado pela WD Partners, apontou que 100% dos entrevistados não pretendem trabalhar os cinco dias da semana no escritório.
Isso é um novo estilo de vida que está sendo formado, e que se refletirá no formato de consumo.
As pessoas priorizarão serviço à domicílio, showrooms, pop-up e principalmente a compra local. Com isso, aumentará a busca pelo consumo local nas lojas do bairro. Aqui é um ponto interessante principalmente para nosso ramo farmacêutico, é estar nos bairros, agilizando as entregas e também estando mais próximos das culturas e hábitos de consumo de cada bairro.

 

“As pessoas não irão mais às lojas porque precisam. Irão porque escolherão ir. Irão por desejo, por prazer, por escolha. Não mais por necessidade. Isso é uma grande transformação”

 Lee Petersen, VP da WD Partners

 

Receba novidades, dicas de gestão farmacêutica e muito mais!

Posts recentes

Image
02/05/2022
Dia das Mães! Como potencializar a data em sua loja!
Leia Mais
Image
20/04/2022
Atualizando o Varejo Farma- Um novo olhar para sua farmácia!
Leia Mais
Image
13/04/2022
Saúde Infantil- Como cuidar da saúde dos pequenos com a retomada social?
Leia Mais